31/12/2009

com chave de ouro.

 E Roberto Borati, por entre as ruas tranquilas e molhadas pela chuva que deu  trégua, é a manhã marcando o primeiro dia do ano, começou assoviando timidamente e depois com uma cantoria de volume baixo até aumentar como se a felicidade enxergasse nele um momento de completa eternidade, cantarolou, cantarolou. E assim foi,  com sorriso no rosto e completamente embriagado pela paixão dos momentos em seu peito.








Aqui desejo um ótimo ano de 2010 para todos aqueles que leram, sentiram, comentaram e viram que a vida pode ser muito melhor quando as palavras são tocadas no lugar certo e com cheiro de intensidade.

Um grande beijo,

Roberto Borati.

2 comentários:

Larissa disse...

Intensas como as suas palavras...
Bom 2010 pra ti tmb!!Que essa felicidade se perpetue durante o ano ;}

Reinaldo R. disse...

A vida devolve a gente. 2010 é mais uma chance de se inventar novas chances. ;)