10/02/2010

uísque e morfina.

 olhe para você, seu vestido rasgado e sujo, são as marcas de uma noite lamacenta e cheio de podridão no ar. a morfina acabou, não tenho mais para te oferecer, mesmo se tivesse, não deixaria em suas mãos que se deterioram a cada toque nos diversos homens que passaram em sua vidinha. ah, uísque também já foi, agora só meu, achas mesmo que irei compartilhar dessas relíquias com você? agora se contente com as cápsulas ou balas de um revólver. perdeu a chave  de sua casa, logo a decadência bate em sua porta, o sopro da morte chega delicadamente em seu corpo inteiro, como se a beijasse, você está muito mal paga. a morfina é somente minha, menti para você, tenho muita aqui, mas não há chance alguma de deixar para ti, se vira, afinal já não é crescida para chutar os outros? pois então. você lembra das misturas que fazíamos, nas noites mais escuras de inverno? eram momentos com cheiro de chuva, de terra molhada, de sangue pelas ruas do centro da cidade, tudo era sonho, a realidade era um pesadelo ao acordar ao seu lado. preciso de morfina, mais! mamãe, estou entrando em choque, irei morrer, me tire dessa guerra! estou com um buraco na barriga, sua filha da puta! me acertou em cheio e sem pestanejar, desgraçada, sua moral é suja como a minha. não há como fugir disso, abra esta porta! me dê uísque, jogue na arte que fez! olha o sangue, sinta o barulho dos órgãos querendo sair, é o tiro de 12, relaxa que irei viver, minhas tripas não irão sair hoje. estou vivo, muito, e você precisando de morfina e uísque, depois de acertar com uma precisão cirurgica ( que irônico, não?) seu peito esquerdo, seu coração está saindo, ele não quer mais você, dá para entender o desprezo que sempre teve por ele? agora este coração vai embora, deixando apenas um recado: VOCÊ ESTÁ MORTA!




 Foram encontrados na madrugada de 04 de Fevereiro de 2010, os corpos de dois jovens não identificados em um apartamento em Copacabana. A polícia levanta a suspeita de uma briga que culminou na morte do suposto casal, no interior do apartamento foram encontradas garrafas de uísque  e morfina, além da arma do crime, uma espingarda calibre 12, não havia móvel algum. O caso está sendo apurado na 12º DP.

3 comentários:

Be Atriz. disse...

olha, sabe quando você gosta tanto de uma coisa que seus braços e suas pernas até se arrepiam? Aconteceu isso comigo agora. Desculpa ter sumido, colégio e tudo mais. Adiciona, se quiser: http://www.orkut.com.br/Main#Profile?rl=mp&uid=12709688995844294368

Sheila disse...

homicídio passional legítimo ou apenas a minha monografia que não me sai da cabeça? rsrs

Gostei.

tha disse...

é preciso mesmo de morfina e uísque, deve doer uma despedida dessas...