28/06/2010

mundo.

 deitei nas ruas de nova iorque, faz um frio tão gelado no chão que me transporto para winnipeg em apenas um sono, deste tenho um sonho tão palpável ao tocar nas pedras bonitas de atenas, morada dos grandes deuses, acabo me perdendo entre céu e inferno de bagdá, me recolho a inocência dos olhos brilhantes daquela criança passando dor de fome no haiti, como diz o outro "o haiti é aqui", não porque vejo o sol nascer diferente, muito do outro lado, exatamente em tóquio, para quê tudo isso se posso me encontrar tão pequeno no abismo chamado são paulo?

4 comentários:

Com Ou Sem Senso disse...

É mesmo um profundo abismo, porém especialmente bonito! ;)

Abraço, cara.

Ana Amália disse...

ta mto bom esse!

TaaNii disse...

Muito bom! Adorei seu blog, estou seguindo ;*

Juliana Lima disse...

Adorei os tamanhos das letras de "Tóquio" e de "São Paulo"... proporcionais aos mapas... rsrsrs