29/03/2011

beijo gelado*


ruas vazias
se encontram
encruzilhadas
sinfonia de silêncio
ratos saindo do esgoto
bebidas vagabundas
nas calçadas inocentes
marcadas
de sangue seco
e cartas de amor
jogadas
para ninguém.















*poema inspirado em bukowski, nas bebidas cortantes, no silêncio da noite e nos choros silenciosos de um amor que é um cão dos diabos.

4 comentários:

Érica Araújo disse...

"nas calçadas inocentes marcadas"

e se essas ruas falassem... quanta história! palco dessa vida.

beijo lido.

Thaiany Almeida disse...

Você tem uma facilidade incrivel pra escrever, maravilhosamente belo, adorei.

Fernanda disse...

lindo, como sempre.
querido r.

Francisco Jamess disse...

Cartas jogadas aos mendigos.
É melhor jogar, como quem não quer nada, na porta da musa.

Quem sabe...


Bukowski mita.