22/06/2010

chuva de inverno.

chuva de inverno
fina e esperançosa
cai no jardim
de corações ociosos.

6 comentários:

Marco de Moraes disse...

(ócio que por vezes remete a receio)

Com Ou Sem Senso disse...

Quase um haikai, Roberto.

Gostei muito da concisão!

Abraço

Póla disse...

ca-iu! e o perfume? marvelous ;)

Sabiana disse...

chuva é semén que faz brotar vida.

bela construção ;)

Monique disse...

A chuva sempre me faz lembrar que estou viva. Não a neguei no fim do dia... e caiu bem assim como você descreveu...

Rafaela Hernandes disse...

Amei seu blog, estou te seguindo, se puder me seguir Aqui!
http://rafaelagodoy.blogspot.com/
e
http://naofuichamado.blogspot.com/

e veja esses http://www.google.com/profiles/hernandesgodoy

OBRIGADA !