12/01/2011

caleidoscópio.

É nessas horas que eu deveria estar aí para te dar calor. Aquele calor que esquenta até o sangue, o coração, aquele calor de amor, de desejo, calor, aquele calor que só você vai ter, que é vindo de mim.

8 comentários:

J. disse...

Gosto muito dos teus escritos.
eles têm uma energia poética que circula por entre as palavras
e eu não sei explicar...


Obrigada pelos comentários lá no meu blog!

Douglas Thaynã disse...

Um lirismo de fato sensacional!

Fernanda disse...

Amor.

Gabriela Coelho disse...

simples e tocante, como quase tudo que voce escreve. por vezes tao tocante, que acaba tirando quaisquer simplicidade existente.

Mayara Almeida disse...

Isso que eu chamo de segurança ou de certeza ou de...pele?!

Luana disse...

Como já disseram lá em cima. O amor.

gabs disse...

O amor...

- Mateus Bernstein disse...

arde. fogo.