09/03/2011

quarta de cinzas.




não acho tatos em seus contatos
esvai, lenta e calma seu sorriso
deixando céu cinza de vazios.

8 comentários:

Fernanda Mendonça disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda Mendonça disse...

iii.. gostei pra caramba!!
adoro esse seu modo de escrever.

Érica Araújo disse...

criativo!

e quanto a "te" ler, para mim é sempre um prazer e muito fácil até.

aqueles que lêem o óbvio se perdem ao desviar daquilo que é mais profundo e humano do transposto em linhas.

bj

Mayara Almeida disse...

Adorei a brincadeira com as palavras.

Marco de Moraes disse...

cinzas de um carnaval curto, mas muito bem curtido...

versospateticos disse...

No fim, tudo fica oco. No fim, tudo se ocua.


Mas volta.

Thaiany Almeida disse...

sinto até um quê de saudade, de falta, maravilhoso Dr. Roberto, como sempre.

Rafaella B. disse...

Borati querido.

Seu modo único de escrever me encanta.
E este é mais um que entra para a lista dos meus favoritos.